1
Rastreador

O rastreador está na frente do olho!

Muito mencionado em Dragon Ball Z, principalmente na saga de Freeza, o rastreador tem inúmeras funções, e, talvez, foi um dos pivos para vários acontecimentos de grande importà¢ncia na saga. Sua principal função é de rastrear e localizar um determinado ser, através do Ki emanado pelo indivíduo. Ki pode ser facilmente definido como poder de luta, a força do indivíduo, ou melhor ainda, a capacidade que o indivíduo tem para realizar certas proezas. Quanto maior o Ki, maiores são as capacidades do indivíduo. Captando o Ki, através do rastreador, pode-se deduzir quem é o portador do Ki (um exemplo foi Raditz, que para localizar seu irmão, foi atrás do Ki mais forte que o Rastreador captava) O rastreador pode captar qualquer tipo de Ki, desde que o modelo utilizado agà¼ente. Além de rastrear indivíduos, pode-se, através do rastreador, comunicar com qualquer indivíduo que também esteja usando um rastreador. Não se tem idéia de quem os inventou, mas provavelmente, os engenheiros de Freeza devem ter colaborado na construção destes aparelhos. O rastreador era o instrumento de trabalho mais importante para os guerreiros de Freeza, pois eles não eram capazes (nem mesmo Freeza) de sentir o Ki naturalmente, como Goku, Piccolo e outros indivíduos terrestres. Se esse aparelho não existisse, Vegeta e Nappa nunca saberiam das esferas do dragão, e conseqà¼entemente, Freeza também não saberia.

Atualizado: 27/05/2006


Dragon Ball Brasil - Copyright 2003/2014. Todos os direitos reservados. (02/08/2003)